A Aromaterapia e os animais

Tempo de leitura: 2 minutos

Se é verdade que existe possibilidade de se usar a Aromaterapia com Animais, também é verdade que é necessário haver cuidados extra e…conhecimento do que se está a fazer.

A Aromaterapia pode ser uma excelente aliada no que diz respeito a um cuidado natural e interativo do animal, no entanto, se for utilizada sem conhecimento mínimo, a probabilidade de haver algum problema sério, é elevada.

| A Aromaterapia traz inúmeros benefícios, desde que, usada com conhecimento.

Como utilizar?

Ora bem, também na vertente animal existem várias formas de uso. 

Desde a inalação, aplicação local (topicamente) e até mesmo a ingestão (que apenas deve ser feita com recomendação e acompanhamento de profissionais e apenas em situações de extrema necessidade). Mas seja qual for a forma de uso, é importante conhecer as contra-indicações dos Óleos Essenciais e saber que existem Óleos Essenciais contra-indicados a determinados animais. Além disso, as quantidades também devem ser ajustadas a cada animal em específico.

Por uma questão de segurança, aconselhamos sempre a procurar um profissional na área e a pedir ajuda nesse sentido.

Diferentes animais

O Cão é o animal que se assemelha mais a nós, no que diz respeito ao uso da Aromaterapia. Apesar de também ser necessário haver cuidados, se for feito um uso seguro e consciente, este, é um animal que beneficia imenso das propriedades terapêuticas dos Óleos Essenciais e Hidrolatos.

Já o Gato, não é bem assim!

O Gato é um animal muito próprio. Tem uma forma de ser muito sua e não gosta que ninguém “mande” nele ou lhe incuta algo que ele não quer.

Além disso, quando falamos de gatos é necessário sabermos que não possuem uma enzima que ajuda na degradação das moléculas dos Óleos Essenciais e, por esse motivo, podem levar até 7 dias para degradarem essas mesmas moléculas, o que pode causar-lhes a morte. 

Portanto, sempre que falarmos em gatos e Aromaterapia, é importante percebermos que a grande maioria dos Óleos Essenciais lhes são contra-indicados e, por isso, devemos optar pelos hidrolatos, uma vez que são muitíssimo mais suaves e acarretam menos cuidados e perigos.

Outros animais

Quando falamos de animais, os primeiros a virem à memória é o cão e o gato. No entanto, também outros animais podes beneficiar das propriedades dos Óleos Essenciais, Hidrolatos e até Óleos Vegetais. Como, por exemplo, o Cavalo, a vaca, a ovelha, ou mesmo o piriquito. Sendo animais de portes e organismos diferentes, os cuidados intensificam-se e o conhecimento é imperativo.

 

Se esta é uma vertente pela qual tens interesse, junta-te aqui à Lista de Espera da formação AromaPets.

Deixe um comentário